Residência Kaá: arte contemporânea e natureza

Nova residência artística internacional do Instituto Yvy Maraey reúne artistas e curadores de cinco países na zona rural de Porto Alegre entre março e abril de 2019.

 

O Instituto Yvy Maraey (“terra sem males” em guarani) realiza de 20 de março a 20 de abril seu novo programa de residência internacional: a Residência Kaá. O projeto, que tem financiamento do Pró-Cultura FAC-RS e apoio do COINCIDÊNCIA Programa de intercâmbios na América do Sul da Fundação Suíça para a Cultura ProHelvetia, reunirá durante quatro semanas artistas e curadores de diversos países em uma série de atividades internas, além de conversas e workshops abertos ao público no instituto e outros espaços culturais de Porto Alegre.

Os artistas residentes selecionados para essa primeira edição são: Carlos Monleón (Espanha), que trabalha com uma variedade de processos e materiais, vivos e não-vivos, que resultam em esculturas e obras participativas; Ío (Brasil), duo de artistas formado por Laura Cattani e Munir Klamt tem realizado obras e exposições que nascem de reflexões abarcando áreas como astronomia, biologia e mitologia; Miriam Simun (Estados Unidos), artista interdisciplinar cuja obra está situada na intersecção entre ecologia, tecnologia e corpo; e Rumen Dimitrov (Bulgária), cujas esculturas em grande escala, ao ar livre, são feitas de materiais naturais robustos, exibindo um estilo rústico e de acabamento natural.

Durante a residência, os artistas selecionados criarão obras e instalações de arte contemporânea, intervenções permanentes e/ou temporárias nos 10 hectares de área do Instituto Yvy Maraey, situado na zona rural de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Coordenada por Maria Amélia Bulhões e Denis Rodriguez, a Kaá, que significa “mato” em tupi-guarani, tem um caráter prático e, reflexivo, interativo e imersivo com foco nas múltiplas e sensíveis relações entre arte contemporânea e natureza.

Além dos residentes a Kaá recebe como artistas convidados a suíça Pauline Julier e os brasileiros Ayrson Heráclito e Leonardo Remor; e os curadores convidados Ane Rodríguez Armendariz (Espanha), Maria Isabel Rueda (Colômbia), Richard Le Quellec (Suíça), Michelle Sommer (Brasil) e Bruna Fetter (Brasil).

 

Veja todas as informações no site do Instituto: http://www.institutoyvymaraey.org.br/

 

Leave a Reply