Jornada ABCA 2021

Crítica de Arte diante das crises atuais

SOBRE
DATA E LOCAL
CRONOGRAMA E INSCRIÇÕES
PALESTRANTES
COMUNICAÇÕES
PROGRAMAÇÃO
FORMATAÇÃO: RESUMOS E ARTIGOS
COMISSÃO

A ABCA convida pesquisadores da área de artes visuais e afins, sócios e não sócios da ABCA para submeterem resumos de propostas de apresentação e artigos completos sobre o tema da Jornada ABCA 2021: “Crítica de Arte diante das crises atuais”.
A Jornada ABCA 2021 ocorrerá em formato on-line, com transmissão via Youtube, em 3 de julho de 2021.

Nesta edição, optou-se por um evento enxuto que ocorrerá como extensão da reflexão aberta do Encuentro de las AICAs Latinoamericanas. Com o tema “Crítica de Arte diante das crises atuais” pretende-se indicar um panorama sobre a atuação, perspectivas, oportunidades e desafios da crítica de arte frente aos cenários de crise. Trata-se de um convite para investigarmos como a crítica de arte tem lidado com os cenários de crises e em que medida tem dialogado com produções artísticas que refletem por sua vez crises próximas ou remotas, recentes ou passadas. Nesta perspectiva, buscamos localizar possíveis formas de relação, interação e sobrevida às crises das mais variadas naturezas que nos assolam tanto no campo social como no campo artístico. Do sofrimento e dificuldades de toda ordem causados pela recente pandemia do Covid-19, aos desafios de manutenção da crítica de arte em cenários digitais ou aos desafios da arte e da crítica em circuitos regionais periféricos aos grandes centros, muitos são os cenários e situações de crise com as quais artistas e críticos têm se confrontado. Em que medida tais confrontos determinam facetas particulares da crítica de arte, em que medida delineiam questões particulares às práxis crítica e artística, são as questões centrais que gostaríamos de trazer a debate com o evento.

O evento conta com a organização da ABCA e da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, contando com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Goiás (UFG), do Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual, e do Programa de Pós-Graduação em História da UFG. Os resumos serão avaliados pelo comitê científico da jornada que fará duas seleções distintas: uma seleção de dez (10) propostas para apresentação durante a jornada, às quais se acrescentarão até outras dez (10) propostas a serem desenvolvidas em artigos completos que comporão, com as primeiras, os Anais do evento.

Lucélia Maciel, Memórias, 2019. Nanquim sobre papel pardo. Fotografia: Paulo Rezende.

Sábado, 3 de julho de 2021

Acompanhe nos canais do Youtube:
Canal da UFG: www.youtube.com/ufgoficial
Canal da FAV: www.youtube.com/favufg
Canal do NIHA: www.youtube.com/nihaufg


26/05/2021 – divulgação da chamada de propostas (CFP)
14/06/2021 – data limite para recebimento das propostas
De 16/06 a 22/06/2021 – análise pela Comissão Científica
24/06/2021 – divulgação dos aceites
De 01/06 a 30/06/2021 – período de inscrições (para emissão de certificados de ouvintes)
26/06/2021 – divulgação da Programação Final
16/09/2021 – data limite para recebimento dos artigos completos

O envio de propostas ocorrerá através da submissão dos resumos pelo e-mail jornadaabca2021@gmail.com
As inscrições serão realizadas através de formulário do Google: https://forms.gle/DNb3LwSaRjevnEbZ6

Bianca Casanova

Graduada em Direito, chegou a advogar por pouco tempo. Apaixonada por história e pelas artes desde a infância, engavetou a OAB, licenciando-se e realizando mestrado em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente, leciona na cátedra de História da América Colonial na Faculdade de História da UFG e realiza doutorado em História sob orientação da dra. Maria Elízia Borges, pesquisando a biografia e atuação da marchand Célia Câmara, importante referência no circuito artístico de Goiás. Bianca investiga o mercado de arte goiano através do enfoque da sociologia da arte. Recentemente, contribuiu com a escrita de capítulo sobre G. Fogaça no livro Natureza e Arte – estudos sobre iconografia ambiental: da Idade Média à Contemporaneidade, organizado por Adriana Vidotte e Lorena Vargas pela Editar Gráfica e Editora.

 


Divino Sobral

Nasceu em Goiânia/GO, onde vive e trabalha como artista, pesquisador e curador independente. Recebeu as premiações de curadoria do Salão Anapolino de Artes (2017); Prêmio Marcantonio Vilaça CNI SESI SENAI (2015); prêmio de Crítica de Arte do Situações Brasília; Prêmio de Artes Visuais do DF (2014); Prêmio Marcantonio Vilaça MinC-Funarte (2009); Prêmio Festival de Inverno de Bonito, MS (2005). Entre 2010 e 2013, foi Diretor do Museu de Arte Contemporânea de Goiás. Integrou entre outras as comissões de seleção do Prêmio Marcantonio Vilaça CNI SESI SENAI (2017); Transborda Brasília Prêmio de Artes Visuais do DF (2016); Residência Artística Red Bull Station São Paulo (2016); foi avaliador do Rumos Itaú Cultural 2018; mediador do Projeto Confluências SESC (2018-2019). Como artista, realizou exposições individuais e coletivas no Brasil, Cuba, Peru, Chile, EUA e Itália. Publica regularmente textos sobre arte brasileira em revistas acadêmicas, livros, catálogos e jornais.

SALA 1 | Mediação: Ana Lúcia Beck


Das 9h às 9h30 | Abertura

Hostess UFG – Ana Lúcia Beck;
Diretor da FAV – Bráulio Fonseca;
Presidente da AICA – Lisbeth Rebollo;
Presidente da ABCA – Maria Amelia Bulhões


Das 9h30 às 10h10 | Um panorama da crítica de arte em Goiás

Bianca Casanova


Das 10h10 às 10h50 | As primeiras exposições de arte em Goiânia e suas contribuições para a formação do modernismo goiano nas artes plásticas

Divino Sobral


Das 10h50 às 11h10 | Debate

Público via comentários no Youtube


Das 11h10 às 11h30 | Intervalo

SALA 2 | MESA 1 - Crítica de arte e imagens de crise | Mediação: Marina Muniz Mendes


Das 11h30 às11h50 | Harriet Mena Hill, crise e pandemia: o silêncio e a desaparição na imagem

Luciane Ruschel Nascimento Garcez


Das 11h50 às12h10 | Imagens da pandemia na Índia: fórmulas de páthos no “afresco” de nossa época

Luana M. Wedekin


Das 12h10 às 12h30 | Debate

Público via comentários no Youtube


Das 12h30 às 14h00 | Intervalo

SALA 3 | MESA 2 - Crítica de arte para além da crise das imagens | Mediação: Anna Carlina Mendes Ramos


Das 14h às 14h20 | Transparências nas Obras de Carlos Fajardo, Marcius Galan e Roberto Wagner

Luis F. S. Sandes


Das 14h20 às 14h40 | A crítica de arte como levante

Alexandre Sá


Das 14h40 às 15h00 | Cartografia, abstração e histórias – Hadassa Ngamba (R.D. Congo) e Mark Bradford (EUA)

Emi Koide


Das 15h às 15h20 | Arte de Rua e Arte Conceitual em Tempos da Covid-19: Um Estudo de Caso no Rio de Janeiro

Mirian de Carvalho


Das 15h20 às 15h40 | Debate

Público via comentários no Youtube


Das 15h40 às 16h00 | Intervalo

SALA 4 | MESA 3 - Crítica de arte e a convivência de regimes de verdade | Mediação: Amanda Teixeira


Das 16h às 16h20 | Margens, disputas e conquistas: conceitos e neologismos na crítica de arte

Elisa Martinez


Das 16h20 às 16h40 | 10 anos sem Benedito Nunes e os 55 anos de um clássico

Afonso Medeiros


Das 16h40 às 17h00 | Encruzilhada: como representar o que ainda não sabemos como descrever

Lorraine Pinheiro Mendes


Das 17h00 às 17h20 | “Contornos do invisível”: arte brasileira na pandemia e o fim do império cognitivo

Alessandra Simões


Das 17h20 às 17h40 | Jornal Arte&Crítica: uma janela para refletir sobre a arte e o real

Leila Kiyomura


Das 17h40 às 18h | Debate

Público via comentários no Youtube

Formatação dos resumos:

Enviar em arquivo único em formato WORD as versões em português e inglês do resumo, atendendo às seguintes especificações:

  1. Título: Centralizado, fonte Arial, corpo 12, negrito, caixa alta e baixa (só iniciais maiúsculas), com no máximo de 150 caracteres, com espaço simples. Não usar sublinhado e usar itálico somente para grafia de palavras estrangeiras.
  2. Nome(s) do(a/s) Autor(a/es). Inserir também o(s) nome(s) completo(s) da(s) instituição(ões) a que está(ão) vinculado(a/s) o(s) autor(es), como docente, pesquisador ou aluno, em fonte (tipo) Arial, alinhamento à direita, em corpo 12.
  3. Corpo do Resumo: Fonte Arial, em corpo 12, com espaçamento 1,5 entre as linhas, justificado. Até 300 palavras.
  4. Palavras-chave: Em sequência na linha seguinte, sendo no mínimo 3 (três) e no máximo 5 (cinco) palavras-chave, separadas por ; (ponto e vírgula). Usar fonte Arial, alinhamento à esquerda, corpo 12.
  5. Imagem: O resumo poderá incluir 1 (uma) imagem de trabalho artístico relevante a discussão proposta em resolução mínima de 300 dpi. Abaixo da imagem, deve constar legenda com os respectivos dados técnicos e fonte, em fonte Arial, corpo 10, centralizada.

 

Data limite para envio dos resumos:

19 de junho de 2021 através do e-mail jornadaabca2021@gmail.com

 

Formatação dos artigos completos:

(Apenas versão em português, em formato word)

  1. Título: O mesmo informado no resumo. Centralizado, fonte Arial, corpo 12, negrito, caixa alta e baixa (só iniciais maiúsculas), com no máximo 150 caracteres com espaços. Não usar sublinhado e usar itálico somente para a grafia de palavras estrangeiras.
  2. Nome(s) do(a/s) Autor(a/es): Alinhado à direita, fonte Arial, corpo 12, redondo (normal). Inserir também o(s) nome(s) completo(s) da(s) instituição(ões) a que está́(ão) vinculado(a/s) o(s) autor(es), enquanto docente, pesquisador ou aluno, em fonte (tipo) Arial, em corpo 12.
  3. Incluir o resumo (português e inglês) enviado para submissão de proposta.
  4. Corpo do texto: Fonte Arial, corpo 12, com espaçamento 1,5 entre as linhas e margens justificadas. Mínimo de 12.000 (doze mil) e máximo de 000 (vinte mil) caracteres com espaços.
  5. Citações: As citações diretas no texto podem ser incluídas apenas na medida em que fundamentem aspectos centrais na abordagem do autor. As notas de rodapé também devem ser em número reduzido, redigidas em fonte Arial, corpo 9, com espaçamento simples.
  6. Referências bibliográficas: deverão ser inseridas ao final do texto, seguindo as normas da ABNT.
  7. Imagens: no máximo cinco imagens (centralizadas) em resolução mínima de 300 dpi. Abaixo de cada imagem, deve constar legenda com os respectivos dados técnicos e fonte, em fonte Arial, corpo 10, centralizada.
  8. Ao final do artigo, deve ser anexado minibio do/s autor/es, Fonte Arial, corpo 12, com espaçamento simples entre as linhas e margens justificadas, máximo 5 linhas.
  9. O tamanho completo do artigo final, considerando-se título, informações sobre os autores, resumo, palavras-chave, legendas e referências não deverá exceder 25 mil caracteres com espaços.

Data limite para envio dos artigos completos:

16 de setembro de 2021 através do e-mail jornadaabca2021@gmail.com

COMISSÃO ORGANIZADORA
PRESIDENTE: Ana Lúcia Beck (ABCA/UFG)
Paulo Henrique Duarte Feitoza (UFG)
Maria Elizia Borges (ABCA/UFG)
Lisbeth Rebollo Gonçalves (ABCA/USP)
Maria Amélia Bulhões (ABCA/UFRGS)
Sandra Makowiecky (ABCA/UDESC)
Thaysa Alarcão (UFG)
Emmanuel Felipe A. Amaral (UFG)

COMISSÃO CIENTÍFICA
Alena Marmo (ABCA/UNIVILLE)
Alice de Oliveira Viana (UDESC)
Ana Lúcia Beck (ABCA/UFG)
Danielle Benicio (UDESC)
Elisa de Souza Martinez (ABCA/UnB)
Francine Goudel (ABCA)
Lisbeth Rebollo Gonçalves (ABCA/USP)
Maria Amélia Bulhões (ABCA/UFRGS)
Sandra Makowiecky (ABCA/UDESC)
Luana Wedekin (ABCA/UDESC)
Luciane Garcez (ABCA/UDESC)
Nadja Lammas (ABCA/UNIVILLE)
Rosangela Miranda Cherem (UDESC)
Viviane Baschirotto (ABCA)

REALIZAÇÃO

APOIO