Falecimento de Alfredo Bosi

 A ABCA lamenta profundamente o falecimento do professor e crítico literário Alfredo Bosi.

Professor titular aposentado do curso de letras da USP, Alfredo Bosi é o sétimo ocupante da Cadeira nº 12 da Academia Brasileira de Letras.

Após se formar em Letras pela Universidade de São Paulo (USP), em 1960, recebeu uma bolsa de estudos na Itália e ficou um ano letivo em Florença. Quando voltou ao Brasil, assumiu os cursos de língua e literatura italiana na USP.
Ele era professor de literatura italiana, e seu interesse pela literatura brasileira o levou a escrever os livros Pré-Modernismo (1966) e História Concisa da Literatura Brasileira (1970).
Em 70, passou a ensinar literatura brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, da qual foi Professor Titular de Literatura Brasileira.
Em 97, se tornou diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP. No instituto, coordenou o Educação para a Cidadania (1991-96), integrou a comissão coordenadora da Cátedra Simón Bolívar (convênio entre a USP e a Fundação Memorial da América Latina) e coordenou a Comissão de Defesa da Universidade Pública (1998).
Há 31 anos, Bosi era editor da revista Estudos Avançados.
Entre suas principais obras também estão “O Ser e o Tempo da Poesia”, “Céu, Inferno: Ensaios de Crítica Literária e Ideológica”, “Dialética da Colonização” e “Literatura e Resistência”. Escreveu, para a coleção Folha Explica, um livro sobre Machado de Assis em 2002.
Imagem: Ormuzd Alves, Folha Press, 14 out.1992.
Fonte:
https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2021/04/07/alfredo-bosi-professor-e-critico-literario-morre-de-covid-em-sp-aos-84-anos.ghtml
https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2021/04/morre-alfredo-bosi-um-dos-maiores-criticos-literarios-do-brasil-de-covid-aos-84-anos.shtml?fbclid=IwAR1xLm5loEHnei2xcSlTPTL8fBJ4-lrCHz3msxvuxs2xcCPjlPuD1PVCut8

Leave a Reply