n° 52 – Ano XVII – Dezembro de 2019 ISSN 2525-2992  →   VOLTAR

Artigo

Evandro Carlos Jardim: a travessia de um mestre na gravura brasileira

O jornal Arte &Crítica apresenta, pela primeira vez, um registro em audiovisual. E traz o fragmento de um instante na trajetória de mais de seis décadas do artista e professor

Leila Kiyomura – ABCA/São Paulo

Foto: Marcos Santos/USP Imagens.

Evandro Carlos Jardim é um dos mestres da gravura contemporânea, além de incentivar, há mais de seis décadas,  a formação de centenas de artistas de todo o Brasil como professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Neste vídeo, o Jornal Arte & Crítica da Associação Brasileira de Críticos de Arte apresenta um registro da exposição Evandro Carlos Jardim: Quando a natureza é gravura realizada pela Fundação Mokiti Okada de 21 de agosto a 11 de outubro de 2019 no Centro Cultural do Solo Sagrado de Guarapiranga.

Foto: Reprodução.

A arte de Jardim é um aprendizado poético. Revela 84 anos de convívio com a luz e a sombra das manhãs. Uma vida filtrando as folhas das árvores, o voo dos pássaros, as linhas do horizonte na infinitude de cada gravura. Jardim desenha o tempo sempre recomeçando. A mesma árvore ressurge em novos traços e movimentos. E no vazio das impressões povoam a técnica e a contemplação, a ciência e a arte de refletir o universo.

Neste  vídeo, os leitores/espectadores vão observar o encontro de um grupo de alunos que, hoje, também são artistas reconhecidos no Brasil e no exterior e professores da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo: Cláudio Mubarac, Geraldo de Souza Dias, Jacqueline Aronis, Madalena Hashimoto Cordaro, Marco Buti e Paulo Portella Filho.


 

n° 52 – Ano XVII – Dezembro de 2019 ISSN 2525-2992  →   VOLTAR

Leave a Reply

ÚLTIMAS EDIÇÕES

Translate

English EN Português PT Español ES