Caros leitores,

Damos continuidade ao debate sobre as complexas condições que estão sendo impostas às artes visuais pelo afastamento social necessário ao controle do Covid 19. Na secção Internacional, apresentamos uma entrevista com Andrea Giunta, curadora da Bienal do Mercosul 12, que evitando seu cancelamento enfrenta os desafios de uma edição online. A Bienal também é abordada no artigo de Lisbeth Rebollo Gonçalves que, a partir dela, propicia uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade atual. Leonor Amarante e Sylvia Werneck escrevem sobre os difíceis dias de quarentena e como a criatividade da arte pode responder a eles. Afonso Medeiros comenta este momento que o planeta atravessa com os protestos antirracistas e a destruição de monumentos escravocratas em espaços públicos de diversos países. Esperamos continuar recebendo colaborações a estes debates para nossas próximas edições, pois ainda estamos longe de esgotar estes temas e suas derivações no campo da arte.

Gostaríamos de ressaltar que muitos associados estão enviando seus textos. Porém, nem todos puderam entrar nessa edição, mas estarão na próxima. Este engajamento nos estimula na manutenção deste jornal que é um espaço de todos. Aproveitamos para parabenizar o núcleo do Pará que, mesmo contando com um número bem pequeno de associados, nesta edição estão presentes com a já citada participação de Afonso Medeiros, além de Gil Vieira escrevendo sobre o artista Ionaldo Rodrigues e John Fletcher que aborda o importante espaço cultural Casa das Onze Janelas.

Um de nossos objetivos no esforço de expansão territorial que vimos fazendo, é poder contar com a presença das muitas regiões deste imenso País, fazendo jus ao nome “Brasileira” de nossa Associação. Assim, destacamos, ainda, a presença de Ana Lúcia Beck, de Santa Catarina, que foca seu texto na análise das dimensões da mancha na pintura, de Zuzana Paternostro, do Rio de Janeiro, que analisa a pesquisa em torno de Johan Maurits e de Fernando Bini, do Paraná, que se debruça sobre a obra de Fernando Pernetta. Jacob Klintowitz, de São Paulo, homenageia nosso associado José Nelstein, recentemente falecido, que durante mais de 30 anos dedicou-se à curadoria, a crítica e à difusão da arte brasileira e apresenta suas reflexões poéticas, tão necessárias nesta quarentena. Esta é uma edição que dá conta de nossas diversidades regionais.

Importante destacar as Notas, onde destacamos que já se encontra disponível em nosso site o e-book dos anais da Jornada ABCA 2019, realizada em Brasília, comemorando os 70 anos de nossa Associação e os 50 do Congresso Internacional Extraordinário da AICA. Também informamos sobre as eleições da Associação Internacional de Críticos de Arte, que este ano serão online e da qual nossos associados deverão participar.

Leiam e divulguem o nosso jornal.

Maria Amelia Bulhões
Presidente da ABCA

n° 54 – Ano XVIII – Junho de 2020 ISSN 2525-2992  →   VOLTAR

Leave a Reply

ÚLTIMAS EDIÇÕES

Translate

English EN Português PT Español ES