n° 53 – Ano XVIII – Março de 2020 ISSN 2525-2992  →   VOLTAR

Caros leitores,

Nosso jornal inaugura nesta edição a proposta de pensar as condições que nos estão sendo impostas pela Covid-19 no campo das artes visuais, abrindo o desafio de refletir sobre estas circunstâncias que nos desafiam a rever nossa realidade.

“Se a Covid-19 é expressão espetacular do impasse planetário no qual a humanidade se encontra, então trata-se, nada mais nada menos, de recompormos uma Terra habitável, e assim ela poderá oferecer a todos uma vida respirável. Seremos capazes de redescobrir a nossa pertença à mesma espécie e o nosso inquebrável vínculo à totalidade do vivo? Talvez esta seja a derradeira questão, antes que a porta se feche para sempre.” Achille Mbembe

Museus, exposições e feiras estão sendo canceladas transferidas sem um prazo muito definitivo, criando um vazio que ocasiona graves problemas econômicos e de diversas outras ordens de desmantelamento no campo das artes visuais. Em contrapartida, propostas estão sendo experimentadas, com o objetivo de refazer nossos laços em novas condições. A crítica de arte não pode deixar de estar presente, refletindo sobre essas mudanças e as formas como elas podem nos oportunizar romper com posicionamentos arraigados, preconceituosos, antidemocráticos e pouco coletivistas, para assumirmos frentes de ação para uma nova realidade. Assim, abrimos esta edição com os textos de Alecsandra Matias, César Romero, Ernesto Muñoz e Priscila Arantes refletindo sobre o tema. Cada um deles, nos apresenta, por um ângulo particular, as iniciativas e questionamentos de artistas e instituições diante da pandemia e da crise que o planeta atravessa.

Marcamos posição, também, na discussão sobre as continuadas restrições à participação das mulheres na história da arte, com os originais artigos de Annateresa Fabris e Walter Miranda. Temos, ainda, dois textos que desenvolvem a prática da crítica de obras de artistas, escritos por Sandra Hitner e Alessandra Simões.

Em Notas lembramos que se encontra reativado o nosso Instagram e também informamos sobre a votação final para o |Prêmio ABCA 2019 que será feita online.

Agradecemos aos críticos associados que colaboraram para dar continuidade ao nosso trabalho de reflexão e esperamos contar com a participação e disposição de todos.

Maria Amelia Bulhões
Presidente da ABCA

n° 53 – Ano XVIII – Março de 2020 ISSN 2525-2992  →   VOLTAR

Leave a Reply

ÚLTIMAS EDIÇÕES

Translate

English EN Português PT Español ES