E-books

download gratuito

Diante do atual quadro da pandemia de coronavírus, a temática abordada nesta jornada se faz ainda mais relevante já que se projeta uma possível reinvenção do fazer artístico para os próximos tempos. Alterações sociais significativas já estão se refletindo no campo das artes. Portanto, esta jornada, a despeito das limitações subjetivas dos encontros virtuais, pretende contribuir de forma significativa para as discussões que rondam a arte neste período incerto e complexo. Servirá como espaço para discussões, estímulo à criação e reflexão, e difusão da arte contemporânea, sobretudo a partir da perspectiva de artistas, pesquisadores, docentes e estudantes envolvidos com o pensar de novas epistemologias e centralidades nas artes, revelando outros modos de existir e praticar o saber artístico.

O Congresso Internacional Extraordinário de Críticos de Arte de 1959 representa ainda hoje um dos maiores esforços da área de crítica de arte na cena nacional. Sua operacionalização reuniu intelectuais de diversos países em uma iniciativa que buscava debater o alcance do projeto de Brasília em implantação. Em 2019, além de retomar as discussões apresentadas há sessenta anos por críticos que marcaram o pensamento de sua época, realiza-se mais uma vez a Jornada Abca como manifestação de sua vocação para a produção de conhecimento, tal como pressupõe a dimensão ética do trabalho crítico.

O Seminário Internacional Arte Concreta e Vertentes Construtivas: Teoria, Crítica e História da Arte Técnica propõe discutir as diversas possibilidades teóricas de abordagem da história, da crítica e das técnicas usadas na construção da obra de arte. Focaliza a arte concreta, neoconcreta e as diversas vertentes construtivas na América Latina, por considerá-las uma produção singular no contexto da arte moderna no século XX. Ao englobar a história, a crítica e a técnica possibilita a abertura de um olhar transdisciplinar sobre a arte, os artistas, as obras e o sistema de arte, bem como a relação entre a arte e a política no período pós-2ª Guerra Mundial.

O evento ocorreu no Museu da Escola Catarinense da UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, em dois dias de programação no mês de setembro de 2014. A Seção Regional Sul promoveu o Seminário ABCA – Regional Sul, com o título: “Teoria e Crítica de arte no Brasil: diálogos e situações”, em que, entre outros objetivos, destacava-se o de reconhecer o que e de que modo está sendo construída a memória da história, crítica e teoria de arte no meio brasileiro, notadamente no sul do Brasil. Os textos que constam deste volume foram apresentados à ocasião, de acordo com a programação.