Apesar da grande produção existente sobre a história da arte pré-colombiana, latino-americana, arte asiática e arte africana, ainda permanecem lacunas na discussão teórica sobre as artes afro-brasileiras em toda a sua pluralidade. A representação do feminino, em especial da mulher negra, na história da arte brasileira, muitas vezes impele negação e silêncio – reflexo de uma tradição que identifica o artista à figura masculina e branca.

Em uma palestra seguida de visita às exposições do MAC USP, Alecsandra Matias de Oliveira propõe uma nova leitura crítica sobre o acervo Museu, abordando a representação do feminino, a estética afro-brasileira e a questão do protagonismo das mulheres negras no cenário das artes visuais. O evento integra a Semana da Consciência Negra organizada pela Pró-reitoria de Cultura e Extensão Universitária, dentro de seu programa USP Diversidade.

Evento gratuito, sem necessidade de inscrição prévia: https://www.facebook.com/events/1346379572152414/

 

Leave a Reply