Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS) dá início a um ciclo de encontros que pretende trazer a público relatos de experiências sobre o desenvolvimento de trajetórias e pesquisas artísticas. Trata-se do projeto “Trilhas artísticas”, uma realização em parceria com o Instituto de Artes da UFRGS, que apresentará artistas e curadores abordando seus percursos e metodologias de trabalho. Inicialmente, serão três encontros, de setembro a novembro, sempre das 14h às 17h30min, no auditório do museu. A entrada é gratuita.

A primeira edição ocorre no dia 19 de setembro, reunindo Marina Camargo (artista visual), Diego Groisman (curador, pesquisador, tradutor, produtor cultural e gestor da Casa Baka) e Fabiana Faleiros (artista visual e pesquisadora). A mediação será de Francisco Dalcol, diretor-curador do MARGS.

Os próximos dois encontros contarão com Daniel Escobar, Mayana Redin, Renata Sampaio, Elias Maroso, Richard John e Romy Pocztaruk (veja abaixo a programação completa). A coordenação do projeto “Trilhas artísticas” é da professora e pesquisadora Marina Câmara (UFRGS).

_________

Sobre o “Trilhas Artísticas”

Trata-se de um ciclo de conferências de artistas e curadores abordando seus processos criativos e as metodologias de trabalho responsáveis pelo alcance de suas obras ou curadorias. Coordenada pela Profª. Marina Câmara, a iniciativa é uma parceria do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) e da Pró-Reitoria de Extensão (Prorext), com o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS).

Ao longo de três encontros, os participantes apresentam e compartilham com o público os modos de operação que permitiram que seus trabalhos tivessem projeção profissional inclusive para além da cena local ou para além da cena artística restrita. Cada conferência contará com a presença de três participantes e a mediação de um convidado. Por ser uma atividade de extensão, quem tiver 75% de presença em todo o ciclo, poderá solicitar certificado de participação como ouvinte.

________

Programação

19.09 | quinta-feira, 14h às 17h30

  • Diego Groisman
  • Fabiana Faleiro
  • Marina Camargo

Mediação: Francisco Dalcol, diretor-curador do Margs

Marina Camargo

O relato de Marina Camargo é estruturado a partir de uma série de trabalhos que apontam momentos de transição dentro de sua pesquisa artística. Através de uma reflexão sobre o seu próprio percurso, Marina busca pensar sobre uma ética do fazer artístico, situando seu modo de trabalhar em relação à pesquisa e práxis do artista, da formação do trabalho (prática de ateliê e pesquisa) até a sua existência no mundo (realização física do trabalho e os modos de exposição).

Diego Groisman

Será abordada sua trajetória como curador, com ênfase nas atividades desenvolvidas por meio da atuação como gestor da Casa Baka, um espaço autônomo que, desde 2016, tem como foco a realização de exposições e uma programação voltada à arte contemporânea. Entre os projetos que serão destacados está a exposição coletiva anual Registro, com três edições já realizadas (2017, 2018 e 2019), da qual é co-curador, e a exposição dos finalistas do Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea, à qual assina a curadoria.

Fabiana Faleiros

A conversa tratará da tese de Doutorado de Fabiana Faleiros: Lady Incentivo – SEX 2018: disco sobre tese, amor e dinheiro. Nesse disco-tese, a artista se move entre a escrita acadêmica e a criação artística, tencionando escrita sobre si mesma, visões acerca da economia da cultura brasileira e ficção. A partir de teorias e práticas feministas decoloniais, Fabiana busca desmontar ficções históricas que criaram a categoria “mulher universal” conectando com projetos que desenvolveu ao longo de sua trajetória artística. Entre os blocos mais densos de texto, intercala uma escrita sonora feita ao vivo em redes sociais durante o processo da pesquisa.

 

04.10 | sexta-feira,  14h às 17h30

  • Daniel Escobar
  • Mayana Redin
  • Renata Sampaio

Mediação: Igor Simões, professor e historiador da arte

 

01.11 | sexta-feira, 14h às 17h30

  • Elias Maroso
  • Richard John
  • Romy Pocztaruk

Mediação: Marina Câmara

_________

Sobre os participantes do primeiro encontro

Marina Camargo

[Maceió/AL, 1980]

Artista visual que trabalha em várias mídias, incluindo vídeo, fotografia, instalação e desenho. Sua formação se divide entre Porto Alegre, cidade na qual realizou Graduação e Mestrado em Artes Visuais, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); e Barcelona e Munique, onde concluiu seus estudos na Akademie der Bildenden Künste. Atualmente, vive e trabalha em Porto Alegre e Berlim. Em sua obra, a noção de deslocamento define um modo de lidar com uma ordem estabelecida do mundo (tanto em relação ao deslocamento físico por espaços e lugares, como também conceitual). Referências cartográficas, históricas e geográficas são muitas vezes a base dos projetos que desenvolve.

 

Diego Groisman

[Porto Alegre/RS, 1979]

Curador independente, pesquisador, tradutor e produtor cultural. É mestrando na linha de História, Teoria e Crítica no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e bacharel em História da Arte pela mesma instituição. Desde 2005, dirige o espaço cultural Casa Baka, no qual vem desenvolvendo uma programação voltada à arte contemporânea. Em 2017, recebeu o Prêmio Jovem Pesquisador UFRGS, na categoria Linguística, Letras e Artes, pela sua pesquisa sobre as origens da arte abstrata no Rio Grande do Sul. Em 2019, recebeu o Prêmio Açorianos Incentivo Jovem Curador, promovido pela Secretaria da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre e pela Aliança Francesa/Institut Français. Sua pesquisa acadêmica atual trata da modernidade na arte no RS na década de 1950, a partir das relações entre artistas locais e da América Platina.

 

Fabiana Faleiros

[Pelotas/RS, 1980]

Artista-pesquisadora que trabalha na intersecção entre arte, produção de subjetividade e invenção de pedagogias a partir de perspectivas feministas decoloniais. É doutora em Arte e Cultura Contemporânea pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com a tese Lady Incentivo SEX 2018: um disco sobre tese, amor e dinheiro. Costuma criar ambientes instalativos ativados com música, vídeo, oficinas e objetos-resíduos de performances. Participou da 10ª Berlin Biennale com o Mastur Bar, projeto iniciado em São Paulo como exposição individual na Solo Shows Gallery, que já itinerou pela Colômbia no Festival de Cine e Arte Queer Kuir Bogotá, na exposição 89 noches, no Museo de Antioquia (Medellin); e por Cuba na exposição Portate Bien, entre outras. Participou da residência Capacete – Documenta 14, na Grécia, em 2017. Colabora com o coletivo Daspu desde 2013. Em 2016, publicou o livro O pulso que cai e as tecnologias do toque por meio do Prêmio Proac Livro de Artista. Em 2019, foi professora convidada da Escuela Incierta, na Colômbia.

 

COORDENAÇÃO

Marina Câmara

Professora de História da Arte no Instituto de Artes da UFRGS; Pós-Doutoranda pelo Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo (USP); Pesquisadora, crítica e curadora independente; Doutora em Artes pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Mestre em Comunicação e Artes pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG); Especialista em Artes pelo Istituto Universitario di Architettura di Venezia (Iuav), na Itália; e possui Master em Comunicação pela Università di Siena, Itália.

_______

SERVIÇO

Trilhas artísticas

De setembro a novembro de 2019

1º encontro: 19.09, das 14h às 17h30min

Convidados: Marina Camargo, Diego Groisman e Fabiana Faleiros

Local: Auditório do MARGS

Capacidade: 60 lugares (preenchidos por ordem de chegada) Entrada Franca

O MARGS funciona de terças a domingos, das 10h às 19h, sempre com entrada gratuita. Visitas mediadas podem ser agendadas no e-mail educativo@margs.rs.gov.br

Localização: Praça da Alfândega, s./n, Centro Histórico, Porto Alegre, RS

Telefone: 51 3227-2311

Leave a Reply