n° 39 – Ano XIV – Setembro de 2016  →   VOLTAR

Evento

49º Congresso da AICA em Havana

Pela primeira vez na história da associação, críticos de todo o mundo se reúnem em Cuba para refletir sobre os rumos da arte

De 11 a 15 de outubro, críticos, historiadores de arte de todo o mundo estarão reunidos no 49º Congresso da Associação Internacional de Críticos de Arte, em Havana. Com o tema “Novas utopias: arte, memória e contexto”, o evento está sendo organizado junto com a AICA de Cuba.

A programação será aberta oficialmente no Museu Nacional de Belas Artes e também terá como sede o Centro de Arte Contemporânea Wifredo Lam. Entre os palestrantes estarão Robert Storr (EUA), Jorge A. Fernandez Torres (Cuba), Hillary Robinson (ReinoUnido) e Niilofur Farrukh (Paquistão). O Brasil contará com a participação de Cristina Freire, professora e pesquisadora do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo.

Pela primeira vez na história da AICA, fundada em 1950, a associação tem a oportunidade de realizar um seminário em Cuba, país que passou a integrar a associação em 1986 e foi reconstituída em 2014.

A Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA) foi estabelecida oficialmente como uma ONG afiliada à UNESCO em 1950. Essa adesão reforça o comprometimento da AICA com o desenvolvimento de cooperação internacional nas artes visuais, para a divulgação das ideias e para o desenvolvimento cultural. Os principais objetivos da AICA são promover a arte crítica como uma disciplina e contribuir para a sua metodologia. Garantir a ética e nteresses profissionais dos seus membros contribuir para a compreensão mútua da estética visual através das fronteiras culturais. Atualmente, a AICA conta com a adesão de 63 países dos cinco continentes, além de uma seção aberta, representando mais de 4.500 críticos de arte.

n° 39 – Ano XIV – Setembro de 2016  →   VOLTAR

Leave a Reply

EDIÇÃO 39

Translate

English EN Português PT Español ES